4 lições que aprendemos com o mercado de figurinhas da Copa

23 de novembro de 2022

Invista em algo diferente

Vem pra Fido »

Precisando de empréstimo?

Vem pra Fido »

Vamos aproveitar a febre da Copa do Mundo para aprender algumas lições de economia para nosso dia a dia.

O futebol é o esporte mais popular do planeta e em época de Copa do Mundo o mercado de figurinhas ganha corpo. Geralmente o esporte  é usado como analogia para tudo o que acontece ao nosso redor. Na economia, não seria diferente. Por isso, que tal aproveitar esta febre para tirar lições e aprimorar conhecimentos sobre educação financeira? 

Siga lendo nosso artigo que vamos dar algumas dicas para você. Neste artigo você vai ver:

  • O futebol faz parte do cotidiano e há semelhanças com a economia;
  • A história do álbum de figurinhas da Copa do Mundo;
  • Quanto custa completar o álbum;
  • Como usar a troca de figurinhas para negociar;
  • Vender as repetidas pode até render uma grana extra;
  • Como ganhar dinheiro com o mercado de figurinhas mais raras;
  • Diversificar é a melhor forma de conseguir completar o álbum.

Futebol faz parte do cotidiano

O futebol é um dos esportes mais populares do mundo e através dele se usam diversas analogias. Na economia não é diferente. O mercado de jogadores se equipara à Bolsa de Valores. O sobe e desce das negociações, conforme o desempenho, especulações ou fatores externos é o que acontece com as ações. Além disso, estatísticos avaliam os times e ajudam na valorização. Assim, há muitas semelhanças com a economia e os investimentos.

Como surgiu o álbum da Copa do Mundo?

Você sabia que o primeiro álbum da Copa foi lançado no Brasil? Isso mesmo. Na Copa do Mundo de 1950, disputada aqui, a fábrica de balas “A Americana”, criadora da Bala Futebol, resolveu montar um álbum com figurinhas do Mundial. Elas foram fabricadas em menor quantidade, por isso, eram mais raras. Mesmo assim, foi um sucesso de vendas, mesmo com as balas não agradando tanto o paladar dos consumidores.

O álbum como o conhecemos hoje, fabricado pela empresa italiana Panini, começou na Copa do Mundo de 1970, no México, mas só chegou ao Brasil 20 anos depois. Nesse período, várias editoras lançaram álbuns da Copa por aqui, mas o que mais chamou atenção, especialmente nos anos 1980 e 1990, foi o álbum das figurinhas que vinham no Ping-Pong, chiclete muito popular. Desde 1990, o álbum oficial da Copa é mesmo o da Panini, no modelo que temos hoje.

Como aprender educação financeira com o álbum da Copa?

Como já dissemos lá no começo, o futebol serve como analogia para vários setores da sociedade. Na política, os adversários de uma eleição são como as equipes que disputam o título de um campeonato. Em uma empresa, um setor pode se juntar e usar exemplos de tática de grupos esportivos para motivar em busca de um objetivo em comum.

Na economia, a gente também usa bastante o futebol como analogia e até como exemplo. Como o assunto hoje é o mercado de figurinhas da Copa, vamos listar aqui alguns tópicos que podem lhe ajudar a ensinar um pouco de educação financeira para os seus filhos e temas que você pode aplicar no seu dia a dia.

Quanto custa para completar um álbum?

A primeira grande reclamação dos fãs dos álbuns de figurinha, neste ano, foi o preço. O álbum simples custa R$ 12 e o pacote com cinco figurinhas, R$ 4, o dobro do valor da última edição, em 2018. No total, são 670 figurinhas a serem coladas, o que seria necessário juntar pelo menos 134 pacotinhos, num valor de R$ 534. Mas como é praticamente impossível não encontrar nenhuma repetida em todos os pacotes, especialistas calculam que, sem realizar trocas, uma pessoa gastaria entre R$ 3,5 mil e R$ 4 mil. Para não pesar no bolso, vamos a algumas dicas.

1 - Use as trocas para valorizar as figurinhas

A primeira forma de completar o álbum de figurinhas, claro, é comprar os pacotinhos. Mas sem as trocas, é praticamente impossível conseguir todos os cromos. Por isso, é bom aproveitar o grupo de amigos e até desconhecidos para trocar figurinhas. Em todas as cidades do país, têm pelo menos um ponto físico onde as pessoas se encontram para realizar as trocas, é ali que a negociação acontece.

Por exemplo, figurinhas douradas são trocadas apenas por outras douradas. Ou até duas ou três das consideradas “normais”. Ou seja, aproveite essas oportunidades para conseguir barganhar. Outro exemplo, pessoas que estão com o álbum praticamente completo costumam estar mais afoitas na hora de negociar. Se você usar isso a seu favor, conseguirá fazer bons acordos para ambos. 

2 - Venda suas figurinhas repetidas

Em segundo lugar, vale lembrar que muitos consumidores preferem comprar figurinhas repetidas, na certeza de que elas servirão para completar o álbum, do que investir em pacotinhos fechados. Essa é uma oportunidade que você tem para negociar com as que você tem. A ideia aqui é a mesma da troca. Aproveite os cromos que você sabe que a outra pessoa precisa para vender. É comum que essas pessoas paguem até mais caro do que o valor de mercado. Portanto, você pode ter até lucro.

3 - Aproveite as figurinhas raras

No álbum de 2022, a Panini lançou um pack de figurinhas especiais, que vêm nos pacotes tradicionais, mas são raras. Chamadas de legends, elas são divididas em três categorias: ouro, prata e bronze, sendo essa também a sequência, da valor de cada uma delas. 

No mercado de figurinhas “ouro”, de craques como, Neymar, Mbappé, Cristiano Ronaldo e Messi, por exemplo, são vendidas a mais de R$ 7 mil na internet. Claro que conseguir uma figurinha dessas também é um golpe de sorte, mas comprar uma delas pode ser sinal de investimento no futuro, já que o mercado de colecionadores seguirá cada vez mais aquecido.

4 - Diversifique a forma de conseguir as figurinhas

E por fim, a grande lição que fica é que a melhor maneira para conseguir completar o álbum é diversificar a estratégia. Comece comprando nos pontos físicos, troque com seus amigos, participe de grupos de troca de figurinhas, compre aquelas que são repetidas de outras pessoas. Ou seja, aproveite as oportunidades que têm para conseguir o resultado final da melhor forma possível. Assim é também na vida dos investimentos, foque na diversidade da sua carteira para ver seu patrimônio financeiro crescer.

Sempre um conteúdo novo para você aprender

Para aprender mais sobre educação financeira, oportunidades de investimento e conhecer boas formas de rendimento, siga o nosso blog. Temos dicas frequentes por aqui, sempre pensando em melhorar sua vida e ajudar com as suas finanças.

Compras de Natal: 7 estratégias para não se endividar

Com o fim do ano chegando, aumentam os gastos e por isso é necessário ficar atento para manter o orçamento em equilíbrio. Depois de um ano atípico, com guerras, eleições e crises, o fim de ano surge para dar novo fôlego às compras de Natal. Com as festas entre amigos e reencontros familiares, o comércio […]

4 lições que aprendemos com o mercado de figurinhas da Copa

Vamos aproveitar a febre da Copa do Mundo para aprender algumas lições de economia para nosso dia a dia. O futebol é o esporte mais popular do planeta e em época de Copa do Mundo o mercado de figurinhas ganha corpo. Geralmente o esporte  é usado como analogia para tudo o que acontece ao nosso […]

Assine nossa newsletter e receba conteúdos exclusivos em seu e-mail

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de nossa Política de Privacidade e autoriza a Fido a utilizar suas informações de contato para envio de conteúdos.
A Fido existe pra você!
Geralmente, um banco só oferece um bom empréstimo para quem já tem dinheiro, não é mesmo? E quem precisa de uma ajuda nessas horas, encontra dificuldade, taxas escondidas e juros insustentáveis.
Já quem quer investir suas economias, escolhe entre aplicar em renda fixa, com rendimentos baixos, ou enfrenta a alta volatilidade da bolsa.
A Fido nasceu com o propósito de fazer o dinheiro fluir entre as pessoas. Acreditamos que a relação com o dinheiro deve ser equilibrada, com juros justos para quem precisa e rentável para quem investe.
Seja a transformação! Faça parte da comunidade Fido!
Conecte-se com a gente
contato@fido.com.vc
Entre em contato pelo site
Mantenha-se informado
Cadastre-se para receber nossos conteúdos e atualizações por e-mail
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram