Será que é seguro pegar empréstimo pessoal com uma fintech?

21 de outubro de 2022

Invista em algo diferente

Vem pra Fido »

Precisando de empréstimo?

Vem pra Fido »

Empresas inovadoras que alinham tecnologia ao mercado financeiro estão ganhando espaço e confrontando instituições tradicionais.

Nos últimos anos, o mercado financeiro foi se transformando e abrindo novas possibilidades aos consumidores, dentre elas o empréstimo com fintech. Se antes, para conseguir crédito era preciso recorrer a um banco, o surgimento deste tipo de empresa na área financeira veio para confrontar com as estruturas tradicionais e caiu no gosto popular. 

Neste cenário, tornou-se cada vez mais comum vermos startups e modelos de negócio inovadores competindo de igual para igual com as instituições financeiras tradicionais. Mas você sabe o que é uma fintech e se fazer negócios com elas, é algo seguro? Continue a leitura e entenda mais sobre o assunto.

Neste artigo você vai ver:

  • Por que novos formatos de negócios financeiros estão ganhando espaço?
  • O que é uma fintech?
  • Quais as principais diferenças entre banco e fintech?
  • Vale a pena fazer empréstimo com fintech?
  • Uma opção nova e segura de fintech.

A vez dos novos negócios

Se o mercado das instituições financeiras era considerado conservador e quase estagnado nos mesmos modelos de negócio, nos últimos anos desconstruiu toda essa ideia. Hoje é possível ver que a economia tradicional se reinventou a ponto do surgimento de modalidades de empresa antes impensáveis para a área. 

Com o apoio da tecnologia, as fintechs ganharam força e passaram a concorrer com as instituições tradicionais. Diante desta abertura, o tomador de crédito sai beneficiado, pois as taxas de juros acabam sendo mais competitivas do que a dos bancos e a burocracia é menor.

O que é uma fintech?

Mas, você sabe o que é uma fintech? Estamos falando de empresas que unem finanças com tecnologia. Ou seja, oferecem serviços de maneira totalmente digital. Elas podem ser comparadas a bancos digitais, porém, há fintechs especializadas em serviços específicos como pagamento, empréstimo ou crédito, cripto ativos, crowdfunding, controle financeiro e investimentos.

Elas também fazem parte da 4ª Revolução Industrial que impactou os setores produtivos criando fábricas inteligentes. Nesse sentido, na área financeira a mudança ocorre na transformação de processos e conceitos antigos. Aproveitando toda onda de tecnologia e serviços digitais que fazem parte do cotidiano, as fintechs vêm ganhando mercado.

Qual a diferença entre banco e fintech?

Uma pesquisa divulgada pela consultoria PWC revelou que 76% dos bancos se sentem ameaçados pelas fintechs. Afinal, por alguns séculos não havia nenhum tipo de concorrência e a hegemonia das instituições bancárias era total. Mas quais são as diferenças entre os dois tipos de prestadores de serviços financeiros? Elencamos algumas, confira.

Agilidade

Um empréstimo com fintech é mais ágil, pois não têm processos tão enraizados e que envolvem tantas pessoas. Os bancos, por serem instituições tradicionais, possuem uma cultura mais tradicional e burocrática. Ou seja, isso deixa alguns procedimentos lentos.

Investimento em tecnologia

Em segundo lugar, as fintechs investem pesado em tecnologia. Elas utilizam o recurso para que os processos sejam feitos de maneira totalmente online. Além de ter uma estrutura física menor e mais enxuta, afinal os processos são mais otimizados. Diferente dos bancos que possuem grandes estruturas e serviços mais analógicos.

Menos burocracia e comunicação mais descomplicadas

As fintechs conversam de maneira mais amigável com os clientes. O atendimento por meio digital ou pessoal é menos formal do que o dos bancos. Na hora de abrir uma conta, por exemplo, há startups que exigem apenas que o cliente tenha um smartphone, enquanto os bancos pedem que o processo seja feito pessoalmente em uma agência e com uma porção de documentos.

Cultura organizacional

E por fim, os bancos, por serem instituições tradicionais, possuem uma cultura organizacional mais difícil de ser modificada. No caso das fintechs, como são empresas jovens e focadas em inovação, elas acabam tendo mais facilidade em romper barreiras. Ou seja, conseguem testar produtos e novas formas de vender e oferecer serviços.

É seguro emprestar dinheiro de uma fintech?

Para que uma fintech possa funcionar, ela precisa ter autorização do Banco Central, o que faz com que seja considerada uma instituição segura. Além disso, é necessário se adequar às normas do Sistema Financeiro Nacional, o que gera confiança para quem busca empréstimo com fintech. 

No geral, as taxas de juros são mais atrativas e os processos menos burocráticos do que o das instituições financeiras convencionais. Para obter os recursos, o tomador precisa se cadastrar numa plataforma onde serão feitas, por exemplo, análises de risco de crédito, com base muitas vezes no score do CPF, e consultas em instituições financeiras e em bancos para avaliar se é seguro ceder os recursos para quem está pedindo.

Uma opção de fintech segura

No fim do ano passado, o Banco Central concedeu autorização de funcionamento para a Fido Sociedade de Empréstimo entre Pessoas (SEP). A fintech já havia sido criada em 2018. Com isso, as pessoas que precisam de crédito e as que têm dinheiro para investir passaram a contar com uma nova opção no mercado

A Fido tem como propósito aproximar os tomadores de empréstimo, que precisam colocar a vida financeira em ordem, daqueles que buscam novas formas de investimentos. Acesse o site e conheça nossas opções.

Compras de Natal: 7 estratégias para não se endividar

Com o fim do ano chegando, aumentam os gastos e por isso é necessário ficar atento para manter o orçamento em equilíbrio. Depois de um ano atípico, com guerras, eleições e crises, o fim de ano surge para dar novo fôlego às compras de Natal. Com as festas entre amigos e reencontros familiares, o comércio […]

4 lições que aprendemos com o mercado de figurinhas da Copa

Vamos aproveitar a febre da Copa do Mundo para aprender algumas lições de economia para nosso dia a dia. O futebol é o esporte mais popular do planeta e em época de Copa do Mundo o mercado de figurinhas ganha corpo. Geralmente o esporte  é usado como analogia para tudo o que acontece ao nosso […]

Assine nossa newsletter e receba conteúdos exclusivos em seu e-mail

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de nossa Política de Privacidade e autoriza a Fido a utilizar suas informações de contato para envio de conteúdos.
A Fido existe pra você!
Geralmente, um banco só oferece um bom empréstimo para quem já tem dinheiro, não é mesmo? E quem precisa de uma ajuda nessas horas, encontra dificuldade, taxas escondidas e juros insustentáveis.
Já quem quer investir suas economias, escolhe entre aplicar em renda fixa, com rendimentos baixos, ou enfrenta a alta volatilidade da bolsa.
A Fido nasceu com o propósito de fazer o dinheiro fluir entre as pessoas. Acreditamos que a relação com o dinheiro deve ser equilibrada, com juros justos para quem precisa e rentável para quem investe.
Seja a transformação! Faça parte da comunidade Fido!
Conecte-se com a gente
contato@fido.com.vc
Entre em contato pelo site
Mantenha-se informado
Cadastre-se para receber nossos conteúdos e atualizações por e-mail
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram