Desvantagens da Caderneta de Poupança que ninguém te conta

23 de fevereiro de 2021

Invista em algo diferente

Vem pra Fido »

Precisando de empréstimo?

Vem pra Fido »

Guardar dinheiro na Poupança é uma das formas de investimento mais tradicionais e conservadoras que existe, mas é bom saber se ela é realmente uma boa opção.

Já faz algum tempo que no roll de investimentos para o seu dinheiro, crescem as desvantagens da Poupança. Especialmente nos últimos anos, a vida financeira do brasileiro não está das mais fáceis e isso exige mais consciência na hora de investir.

O cenário econômico atual está coberto de incertezas. Dentre algumas listadas pelos economistas estão o fortalecimento do dólar e da economia americana, dessa forma os investimentos em economias como a do Brasil acabam sendo menores e o Real também sai desvalorizado, muito por causa da inflação. Além disso, há a agenda liberal e a política fiscal que também vêm desagradando os investidores. 

Por fim, e não menos relevante, as crises de saúde global, que prejudicaram os mercados e trazem incertezas na manutenção das atividades econômicas. Ou seja, tudo isso joga um balde de água fria na economia. 

Enfim, com um cenário tão preocupante ninguém quer perder dinheiro. Mas você já pensou que seu investimento está no lugar errado? 

A tradicional Caderneta de Poupança, por exemplo, precisa de uma análise bem detalhada para saber se é realmente o que você procura para fazer o seu dinheiro crescer.

Neste artigo você vai:

  • Panorama do cenário econômico brasileiro;
  • Ter a certeza de que não é uma boa ideia deixar o dinheiro guardado embaixo do colchão;
  • Entender como funciona a Caderneta de Poupança;
  • Conhecer os prós e as desvantagens da Poupança;
  • Saber como a Fido pode te ajudar a investir.

Dinheiro parado, dinheiro desvalorizado

Nós precisamos te dar uma notícia que talvez você até já saiba, mas nunca é tarde para reforçar. Pare de deixar dinheiro guardado no cofrinho. Infelizmente, a inflação está aí para nos mostrar que dinheiro parado perde valor. Por isso, você precisa fazer o seu render. Por muitos anos, a Caderneta de Poupança foi o xodó dos brasileiros que queriam aplicar os seus recursos

Historicamente os poupadores passaram por algumas perdas motivadas pelos planos econômicos frustrados praticados no Brasil, principalmente entre final da década de 1980 e início da de 1990. Nos últimos anos, a Poupança vem passando por constantes quedas de rendimento, o que vem desvalorizando o dinheiro lá aplicado.

Como funciona o rendimento da Poupança?

A Poupança é talvez o primeiro contato com o mundo de investimentos de muitos brasileiros. De fácil acesso, o rendimento é calculado pela taxa Selic. O Comitê de Política Monetária Nacional (Copom) é quem anuncia o aumento da Selic. Dessa forma, os juros de rendimento da poupança aumentaram um pouco a partir de 2021. 

Outra informação importante é que a Poupança só remunera na data de aniversário do depósito. Ou seja, a rentabilidade é contabilizada de 30 em 30 dias. Antes disso, não há juros.

Vantagens e desvantagens da Poupança

Está em dúvida se a Poupança é ou não um bom investimento, então continue a leitura.

Rende menos do que a inflação

A primeira das desvantagens da Poupança é que ela rende menos do que a inflação! Ou seja, dessa forma o seu poder de compra diminui. Quando você for sacar o seu investimento, vai perceber que perdeu dinheiro ao invés de ganhar.

Rendimento é só no dia do aniversário

Os ganhos da Poupança estão atrelados ao dia do aniversário do depósito. Por exemplo, se você depositou em 10 de maio, então o rendimento daquele valor só será creditado no dia 10 de junho. Ou seja, a cada 30 dias. Você até pode fazer saques antes, mas perderá o rendimento daquele mês.

O teu passado te condena

Quem nunca ouviu falar dos confiscos da Caderneta de Poupança? No final da década de 1980 e início de 1990 o governo brasileiro confiscou por algumas vezes a poupança dos cidadãos. Os economistas acreditam que isso é muito difícil de se repetir, mas o trauma de quem perdeu as economias permanece até hoje.

Forma de emprestar dinheiro para o governo

Todo o investimento é uma forma de empréstimo para alguém, então você escolhe para quem quer fazer esse empréstimo. No caso da Poupança, o governo é quem faz uso do seu dinheiro.

Saque a qualquer momento

Passou por algum aperto e precisa recorrer ao investimento da Poupança? Isso pode ser feito sem problemas. Você pode pagar contas, fazer saques ou transferências sem que o dinheiro fique retido no investimento.

Rendimento igual em todos os bancos

O rendimento da Poupança é balizado pela taxa Selic e, portanto, igual para todos os bancos. É lenda pensar que o de uma ou outra instituição é maior do que o da outra.

Sem imposto de renda e IOF

A Poupança é um dos poucos investimentos em que não há necessidade de pagar imposto de renda. Independente do valor que você tiver investido nela. Além disso, os valores colocados nesse tipo de investimento também não estão sujeitos à cobrança de Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), como em outras aplicações e fundos.

Poupança não tem tarifa

Uma conta na modalidade Poupança não sofre nenhum tipo de cobrança de tarifa pelos bancos e o correntista ainda pode fazer saques, transferências e tirar extratos de maneira limitada, mas gratuita.

Não coloque todos os ovos na mesma cesta

Independente se você é mais tradicional ou não, o importante é, quando se trata de investimentos, não colocá-los todos no mesmo lugar. Conte com a Fido para te ajudar a escolher como fazer o seu dinheiro render de forma mais segura. Converse com a gente e conheça as melhores opções de investimentos do mercado.

Liquidez: O que é e por que se preocupar com isso na hora de aplicar o seu dinheiro?

O mercado financeiro é cheio de desafios, e pra você ter sucesso é importantíssimo colocar na balança as três principais características do investimento escolhido: taxa de retorno, risco e liquidez. Falando em liquidez, você já ouviu falar nessa palavra? Ainda não? Para entender melhor sobre esse termo e sua funcionalidade no mundo dos investimentos, continue […]

Cartão de crédito: liberte-se desse vício!

De acordo com pesquisa do SPC Brasil, mais da metade dos brasileiros utiliza o cartão de crédito para compras e pagamentos. Prático e fácil de adquirir, esse recurso surgiu para facilitar a vida das pessoas e se popularizou muito rápido por aqui. Só que é preciso muito cuidado: o mocinho pode se tornar o grande […]

Assine nossa newsletter e receba conteúdos exclusivos em seu e-mail

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de nossa Política de Privacidade e autoriza a Fido a utilizar suas informações de contato para envio de conteúdos.
A Fido existe pra você!
Geralmente, um banco só oferece um bom empréstimo para quem já tem dinheiro, não é mesmo? E quem precisa de uma ajuda nessas horas, encontra dificuldade, taxas escondidas e juros insustentáveis.
Já quem quer investir suas economias, escolhe entre aplicar em renda fixa, com rendimentos baixos, ou enfrenta a alta volatilidade da bolsa.
A Fido nasceu com o propósito de fazer o dinheiro fluir entre as pessoas. Acreditamos que a relação com o dinheiro deve ser equilibrada, com juros justos para quem precisa e rentável para quem investe.
Seja a transformação! Faça parte da comunidade Fido!
Conecte-se com a gente
contato@fido.com.vc
Entre em contato pelo site
Mantenha-se informado
Cadastre-se para receber nossos conteúdos e atualizações por e-mail

linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram