Compras de Natal: 7 estratégias para não se endividar

2 de dezembro de 2022

Invista em algo diferente

Vem pra Fido »

Precisando de empréstimo?

Vem pra Fido »

Com o fim do ano chegando, aumentam os gastos e por isso é necessário ficar atento para manter o orçamento em equilíbrio.

Depois de um ano atípico, com guerras, eleições e crises, o fim de ano surge para dar novo fôlego às compras de Natal. Com as festas entre amigos e reencontros familiares, o comércio se anima e espera reaquecimento nas vendas

Mas cuidado para que a euforia não vire dor de cabeça. Confira dicas para que as compras de Natal não se tornem dívidas no ano novo. Neste artigo você vai ver:

  • É preciso cuidar com o descontrole financeiro;
  • O momento exige pé no freio;
  • 7 dicas para não se endividar com as compras de Natal;
  • A Fido para equilibrar o orçamento.

Cuidado com o descontrole

Geralmente o período de final de ano deixa as pessoas mais propícias a gastos e comemorações, o que pode fugir do controle financeiro. Enquanto os comerciantes comemoram, os consumidores precisam fazer planejamento e agir com racionalidade para não comprometer o orçamento. Por isso, fuja das armadilhas emocionais e pense da forma mais racional possível. Se puder comprar presentes para a família toda, sem comprometer o orçamento não há problemas, mas se precisar impor limites, não hesite em fazer. 

Momento exige pé no freio

A combinação compras de Natal e inflação alta pode ser perigosa para o endividamento e assim colocar todo o planejamento em desequilíbrio. O momento requer cautela. O boletim Focus projeta uma alta da taxa de inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de 2022. Ou seja, os preços devem subir! Dessa forma, os custos dos produtos fecharão o ano em alta, o que pode fazer com que o consumidor absorva dívidas que irão se arrastar para o ano que vem. 

Confira 7 dicas para não se endividar

Agora, vamos apontar 7 dicas para você ficar longe desse tipo de armadilha.

1. Faça uma lista de presentes e estipule gastos

Mesmo que a vontade seja sair dando presentes para toda a família, isso não pode ser uma prática que coloque em risco o seu orçamento. Por isso, considere estipular valores e selecionar quem deseja presentear. Uma dica pode ser dar presentes para os mais próximos e lembranças para os demais. Assim, você coloca uma linha de corte e consegue controlar melhor as compras de Natal.

2. Fuja dos impulsos e estímulos

Comprar é muito tentador para algumas pessoas, se você é dessas, fuja ao máximo dos estímulos. Não compre se estiver deprimido, isso pode fazer com que você gaste além da conta. Outro ponto a se observar é evitar idas a shoppings ou locais com muito apelo ao consumo, para quem tem dificuldades de se segurar, isso pode atrapalhar o autocontrole.

3. Prefira pagar à vista e cuide com o cartão de crédito

Sempre que conseguir, opte por fazer pagamentos à vista e assim tente obter descontos. Você irá economizar e não irá se comprometer com dívidas nos meses futuros. Se usar o cartão de crédito, fique de olho no que já tem de parcelamentos para que não extrapole os gastos.

4. Aproveite as promoções

Um dos segredos para não deixar de fazer as compras de Natal, mas também não se colocar em situações que comprometam o orçamento é o planejamento. Sempre que conseguir, antecipe as compras ou aproveite promoções, isso irá ajudar a deixar as contas menos pesadas. Caso seja possível segurar algumas compras para depois do Natal, não deixe de fazer. Afinal, as grandes lojas costumam ter ótimas promoções neste período.

5. Planeje a ceia e divida os gastos

Se você quer fazer uma festa de Natal com amigos ou família, uma dica é planejar o que irá servir para que não haja desperdícios e gastos excessivos. Depois de tudo organizado, considere dividir a conta. É muito comum neste tipo de comemoração que os valores sejam repartidos e assim não sairá pesado para nenhum orçamento.

6. Pesquise

Sejam as compras de presentes de Natal ou de alimentos para a ceia, a melhor dica é a pesquisa. Use algumas horas para fazer um levantamento de preços, seja em loja física ou pela internet para conseguir os melhores preços. No fim das contas isso fará toda a diferença.

7. Faça o que está ao seu alcance

O sentido do Natal está na confraternização e em passar um tempo com quem se ama. Para que isso não vire um pesadelo, você deve fazer o que está ao seu alcance e isso inclui o controle das compras de Natal, se assim for necessário. Não coloque o seu orçamento em risco por uma noite, haja com racionalidade e dentro dos seus limites.

Conte a Fido

Se mesmo tomando todos os cuidados, o seu orçamento entrar em desequilíbrio, a Fido pode te ajudar. Temos as melhores opções de serviços para quem precisa colocar as contas em dia e fechar o ano no azul. Entre em contato e conheça mais sobre nossos produtos.

9 conselhos para não estourar o seu teto dos gastos em 2023

Atitudes simples podem ser o início para conseguir equilibrar as contas pessoais e ter um ano tranquilo e equilibrado. Todo o orçamento precisa de um teto de gastos. Essa expressão é muito comum quando se fala em contas públicas, porém é algo que deve ser observado inclusive nas contas familiares. Quer saber como não estourar […]

5 promessas de ano novo que a as pessoas dificilmente cumprem

Mudar a maneira de pensar e agir pode ser fundamental para alcançar êxito nas resoluções de fim de ano. 2023 está batendo na porta e com ele, as promessas de ano novo. Sejam elas, cuidar da saúde, das finanças, viajar, reclamar menos e agradecer mais. Enfim, a lista que se faz é enorme em todas […]

Assine nossa newsletter e receba conteúdos exclusivos em seu e-mail

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de nossa Política de Privacidade e autoriza a Fido a utilizar suas informações de contato para envio de conteúdos.
A Fido existe pra você!
Geralmente, um banco só oferece um bom empréstimo para quem já tem dinheiro, não é mesmo? E quem precisa de uma ajuda nessas horas, encontra dificuldade, taxas escondidas e juros insustentáveis.
Já quem quer investir suas economias, escolhe entre aplicar em renda fixa, com rendimentos baixos, ou enfrenta a alta volatilidade da bolsa.
A Fido nasceu com o propósito de fazer o dinheiro fluir entre as pessoas. Acreditamos que a relação com o dinheiro deve ser equilibrada, com juros justos para quem precisa e rentável para quem investe.
Seja a transformação! Faça parte da comunidade Fido!
Conecte-se com a gente
contato@fido.com.vc
Entre em contato pelo site
Mantenha-se informado
Cadastre-se para receber nossos conteúdos e atualizações por e-mail
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram