Educação financeira: verdades que você deve saber sobre a previdência social

8 de setembro de 2022

Invista em algo diferente

Vem pra Fido »

Precisando de empréstimo?

Vem pra Fido »

O INSS é o sistema de benefícios que atende os brasileiros impossibilitados de trabalhar ou aposentados, porém ele precisa de uma reforma para não falir.

Uma das certezas que o trabalhador brasileiro sempre teve na vida é de que no futuro o seu pagador será a previdência social. Isso porque, quando a hora da aposentadoria chegar, independente da situação financeira, quem contribuiu com a previdência do governo, será beneficiado por ela. 

Mas você conhece bem esse sistema? Então continue a leitura para saber mais sobre o assunto. Neste artigo você vai:

  • Saber como estão os números da previdência social;
  • Lembrar o que é previdência social e quais os valores de contribuição;
  • Compreender porque a previdência social da forma que está, é insustentável;
  • Saber como está a expectativa de vida do brasileiro;
  • Lembrar que é preciso diversificar os investimentos para ter uma velhice mais tranquila;
  • Saber que a Fido pode te ajudar nessa missão.

Nossa série sobre investimentos apresenta hoje: a previdência social

previdência social 2

Dando continuidade a nossa série de artigos sobre as vantagens e desvantagens dos investimentos, chegou a vez de falar sobre a previdência social. Essa forma de investimento a longo prazo, que todo o trabalhador com carteira assinada contribui, é a fonte de renda da maioria dos aposentados no país. Continue a leitura para entender mais sobre esse investimento.

Números da previdência social

Uma pesquisa realizada pela Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiros e de Capitais, em parceria com o Datafolha, aponta que 92% da renda dos aposentados é proveniente da previdência social. A pesquisa ouviu cerca de 5,8 mil pessoas. A previdência social protege 70 milhões de trabalhadores, com 36,4 milhões de benefícios pagos mensalmente. A maioria – mais de 21 milhões – são aposentadorias, resultando em 21,8 milhões de aposentados pelo INSS. Mensalmente, o montante pago pelo INSS em benefícios é de mais de R$ 50 bilhões.

O que é a previdência social?

A previdência social é um seguro que todo trabalhador CLT tem através do pagamento mensal feito pelo empregador. Além disso, é possível fazer contribuições ao INSS de forma individual, mesmo sem ter atividade remunerada. Ela também contempla os trabalhadores rurais e avulsos. Para os trabalhadores com carteira assinada, o desconto é feito em folha, já para quem paga “por conta” a contribuição é através da Guia de Previdência Social (GPS). 

Ela funciona como um seguro que deixa o trabalhador coberto não apenas na época da aposentadoria, mas também em situação de doença, morte ou gestação. Ou seja, seu propósito é proporcionar ao trabalhador uma forma de renda quando estiver impossibilitado de trabalhar.

Valores de contribuição

Os valores de contribuição que são cobrados mensalmente variam conforme a renda do trabalhador. Confira a tabela:

  • Até R$ 1.212,00 (salário-mínimo) – 7,5%
  • Entre R$ 1. 212,00 e R$ 2.427,35 – 9%
  • Entre R$ 2.427,36 e R$ 3.641,03 – 12%
  • Entre R$ 3.641,03 e R$ 7.087,22– 14%

Por que a previdência social é insustentável?

Já não é de hoje que as discussões sobre a previdência social invadem as conversas e os noticiários, isso porque há anos se discute a necessidade de uma reforma que equalize melhor o sistema e não penalize quem mais necessita do benefício. Sem as mudanças efetivamente acontecerem, temos uma fatia que tem ganhos muito acima da média e uma grande massa que vive com o mínimo. 

Um dos fatores que ocasionou o inchaço do sistema está no fato de que a população brasileira está envelhecendo e vivendo mais. Assim, com o aumento na expectativa de vida e menos pessoas ativamente econômicas a previsão é de colapso. Uma analogia que costuma-se usar é de que a previdência brasileira é como uma pirâmide financeira. Ou seja, os que chegaram primeiro ao topo asseguraram seus ganhos, enquanto os que vieram por último, podem ficar apenas com as promessas, mesmo tendo feito as contribuições.

Expectativa de vida está aumentando

Em 1980, haviam 9,2 pessoas economicamente ativas no Brasil para cada idoso. Em 2060, a expectativa é de que seja 1,6 pessoa ativa para cada idoso. A expectativa de vida dos brasileiros em 2019, era de 76,6 anos. 

Atualmente, a estimativa é de chegar aos 72,2 anos, por causa das recorrentes crises de saúdo global. Em 1945, se vivia, na média, 45,5 anos. Dessa forma, haverá mais gente aposentada e recebendo o benefício por mais anos, mas em contrapartida, menos pessoas em idade de trabalho e assim contribuindo para manter o sistema.

Diversifique os investimentos

A chave de uma velhice mais tranquila  está na diversificação de investimentos. Essa é a forma mais segura e garantida de fazer o seu patrimônio financeiro crescer, diminuindo os riscos. Assim, no caso de períodos de instabilidade financeira, sai na frente quem se precaveu e optou por escolher uma gama maior de investimentos e de modalidades diferentes. Uma dica é escolher investimentos com as seguintes características:

  • Liquidez;
  • Possuem opção de resgate no curto prazo com alíquota de imposto menor.
  • Rentabilidade acima da inflação, para proteger o poder de compra com o passar do tempo.
  • Baixas taxas de administração.

A Fido te ajuda a investir

Se você se preocupa com o futuro, precisa conhecer a Fido. Temos opções de investimentos para quem está em busca de diversificação e de ter uma aposentadoria tranquila. Procure a Fido e conte com uma de nossas opções para diversificar a carteira.

Dia das Crianças: precisamos falar sobre educação financeira para os pequenos

Seu filho começa a entender a importância do dinheiro depois dos sete anos, mas a educação pode começar antes. Os pequenos absorvem conhecimento com muita facilidade, isso vale também para ensinar educação financeira para crianças. Por isso, especialistas do mundo inteiro falam que essa é a melhor idade para começar a aprender sobre o assunto, […]

Educação financeira: 7 dicas para viajar com pouco dinheiro

Sair da rotina é um dos benefícios de fazer uma viagem, mas saiba que com planejamento é possível tirar sonhos do papel. Conhecer novos lugares faz bem para a alma e há formas de viajar com pouco dinheiro. Isso porque, o Brasil é grande e o mundo, maior ainda. Por isso, com planejamento, haverá sempre […]

Assine nossa newsletter e receba conteúdos exclusivos em seu e-mail

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de nossa Política de Privacidade e autoriza a Fido a utilizar suas informações de contato para envio de conteúdos.
A Fido existe pra você!
Geralmente, um banco só oferece um bom empréstimo para quem já tem dinheiro, não é mesmo? E quem precisa de uma ajuda nessas horas, encontra dificuldade, taxas escondidas e juros insustentáveis.
Já quem quer investir suas economias, escolhe entre aplicar em renda fixa, com rendimentos baixos, ou enfrenta a alta volatilidade da bolsa.
A Fido nasceu com o propósito de fazer o dinheiro fluir entre as pessoas. Acreditamos que a relação com o dinheiro deve ser equilibrada, com juros justos para quem precisa e rentável para quem investe.
Seja a transformação! Faça parte da comunidade Fido!
Conecte-se com a gente
contato@fido.com.vc
Entre em contato pelo site
Mantenha-se informado
Cadastre-se para receber nossos conteúdos e atualizações por e-mail
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram